NOTA

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que o medicamento Xeloda (Capecitabina 500 mg) já foi adquirido e a previsão de entrega pelo fornecedor ao Almoxarifado Central (Alcen) é para a próxima quarta-feira, 21 de setembro.
 
O atraso no fornecimento deveu-se ao fato da licitação ter sido deserta por duas oportunidades. No terceiro pregão houve empresa vencedora e o abastecimento será regularizado.
 
 
Att,
 
Assessoria de Comunicação
SES

 

Huse: 83% dos atendimentos da semana foram de baixa complexidade

Por Júnior Matos

altO Sistema Integrado de Informatização de Ambiente Hospitalar (Hospub) do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) apontou que na semana passada (de 5 a 11 de setembro) a unidade realizou 2.302 atendimentos. Destes, 1909 foram considerados de baixa complexidade, o que representou 83% dos atendimentos.

 

Foram 517 pacientes na área Azul Poltrona, 392 no setor de Sutura e 331 na Ortopedia.

 

O Huse é a referência estadual para o atendimento de média e alta complexidade de urgência, emergência e trauma. Porém, por se tratar da maior unidade hospitalar do Estado, ainda atende pacientes que deveriam estar nas Unidades de Pronto Atendimento (Upas) e nos postos de saúde.

 

“Muitos pacientes chegaram por demanda espontânea, sem apresentar qualquer tipo de complexidade ou sem ser referenciado por outra unidade hospitalar. Muitos nos procuraram por não ter encontrado assistência nas UPAS. Esse fator que gerou superlotação da unidade”, revela o coordenador do Pronto Socorro do Huse, Vínicius Vilela.

 

O paciente Antônio Miguel Santos, 28, procurou assistência no Huse após sentir dores na barriga. “Antes de vir ao Huse procurei atendimento no posto de saúde do bairro América, onde moro. Não tinham médicos e medicamentos. Aqui no Huse, fui atendido, fiz exames e já recebi alta médica”, falou.

 

altOutra paciente que procurou assistência no Huse foi Rosângela Lima. “ Estava com muitas dores nas costas. Então resolvi vir ao Huse. Aqui, tive um bom atendimento, fiz exames e recebi medicação. Agora, não sinto mais dores”, declarou a paciente.

 

Foram atendidas 31 pessoas no ambulatório de Oncologia, 7 no ambulatório de nutrição, 258 ambulatório de retorno, 72 no de otorrinolaringologia, 61 no de oftalmologia, 392 na Unidade Pediátrica, entre outros.

 

O Huse também recebeu 25 vítimas de acidentes de carro, 112 por acidentes com motos, 8 por  agressões física, 58 com dores abdominais, 57 com dores de cabeça, 27 de dor de coluna, entre outros.

 

 

Visita

 

A secretária de Estado da Saúde, Conceição Mendonça, esteve na manhã desta segunda-feira, 12, no Huse para acompanhar de perto os trabalhos da unidade. A gestora percorreu diversos setores como as áreas Azul, Vermelha, Centro Cirúrgico e UTI.

 

“Verificamos o andamento das ações no eixo Azul onde foi apontada a superlotação por receber muitos pacientes de baixa complexidade. Naquele setor, temos a capacidade física para atender 59 pacientes. Mas, no último sábado, atendemos cerca de 110. Essa ação é causada pelo fechamento dos postos saúde e das Upas. É preciso que as autoridades municipais reforcem o canal de diálogo com os profissionais regularizem a situação de forma imediata. Só assim será possível desafogar o Huse”, destacou a secretária de Estado da Saúde, Conceição Mendonça.

Brigada Itinerante inicia agenda da semana em São Cristóvão

Por Ítalo Duarte

altA agenda semanal de combate ao Aedes aegypti em Sergipe iniciou nesta segunda-feira, dia 12, no município de São Cristóvão, que recebe também durante esta terça, dia 13, os agentes de endemias da Brigada Itinerante, equipe do Governo do Estado gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Fundação Estadual de Saúde (Funesa).

 

Até a próxima sexta, 16, os brigadistas percorrerão os municípios de Areia Branca (14 e 15 de setembro) e São Domingo (16). Antes de fechar a programação do mês, os agentes realizam visitas também aos municípios de Cumbe, General Maynard, Ribeirópolis, Porto da Folha, Campo do Brito, Carira e Simão Dias.

 

A Brigada já trabalhou 138.691 imóveis em todo o Estado só este ano. Com isso, os brigadistas conseguiram tratar 24.280 possíveis criadouros, eliminando 112.029 deles, isto é, 82,2% dos criadouros identificados.

 

De acordo com Liliane Trindade, coordenadora de Prevenção e Promoção da Saúde da Funesa, a prioridade é eliminar os criadouros. Mas, quando esses possíveis locais de criação de focos do mosquito Aedes aegypti não podem ser eliminados, os agentes optam por realizar o tratamento com larvicida.

 

"São possíveis criadouros como caixas d'água, potes e porrões de barro e tantos outros que o agente não pode simplesmente eliminar. A Brigada Itinerante também realiza o trabalho educativo, orientando a população sobre a importância de cuidar da casa para que o mosquito não apareça", explicou a coordenadora.

Samu registra cerca de 1500 aberturas de chamadas e 1.753 trotes na última semana

Por Luiza Sampaio

altResponsável pela assistência pré-hospitalar no Estado, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe) recebeu, somente na última semana (5 e 11 de setembro), 1.579 solicitações de envio de ambulância. Para atender as ocorrências, foram enviadas 761 Unidades de Suporte Básico (USB), 196 Unidades de Suporte Avançado (USA) e 31 Motolâncias.  

 

O balanço do período mostra, ainda, que foram realizadas 42 orientações médicas por telefone, serviço que dinamiza o atendimento e auxilia a população na hora de resolver problemas de saúde menos complexos.

 

No topo do ranking dos atendimentos por causas externas, mais uma vez, os casos de violência no trânsito aparecem em destaque: foram 68 quedas de moto, 34 colisões entre carro e moto, 23 atropelamentos, 16 colisões entre motos e sete capotamentos.

 

As demais assistências registradas na semana se dividiram entre 51 pacientes vítimas de queda, 35 de ferimento por arma de fogo, 15 de agressão física, 14 pessoas com ferimentos por arma branca e 10 vítimas de queda de altura.  O Samu 192 Sergipe qualifica os serviços ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado.

 

Trotes

 

Uma prática criminosa e que atrapalha, e muito, o desenvolvimento do serviço oferecido à população, continua ocorrendo de maneira insistente no Samu: os trotes. Somente na semana passada foram 1.753 ligações falsas, 11% a mais que a abertura de chamadas reais.

 

“O Samu tem ampliado as ações de conscientização e orientação, reduzindo de 40% para 26% o índice de trotes. Mas voltamos a pedir o comprometimento da população, especialmente de pais e educadores, uma vez que o maior número de ligações falsas acontece entre 12h e 13h e nos intervalos das escolas”, informa a superintendente Serviço, Maria Lúcia Santos.

 

altSriha

 

O Serviço de Remoção Inter-Hospitalar Assistida (Sriha) realizou 296 remoções totais e 178 assistenciais na primeira semana do mês de setembro. Entre os dias 5 e 11 foram  registradas 118 remoções de logística, 106 para exames e procedimentos, 55 transferências hospitalares, 10 casos de gestante de baixo risco e duas avaliações de especialista.

Campanha Setembro Verde pretende incentivar a doação de órgãos e tecidos

Por Luiza Sampaio

altDoar. Verbo bitransitivo que, segundo o dicionário Aurélio, significa entregar-se; demonstrar dedicação a uma causa ou pessoa. Juridicamente, o termo traduz o ato de fazer uma transferência legal de bens ou benefícios. Alguns sites de busca definem a palavra como a ação de oferecer, entregar a posse de, ofertar gratuitamente alguma coisa a alguém. De fato, uma mesma palavra pode ter diversos conceitos, a depender do contexto que ela for utilizada.

 

O caso da expressão “doar”, por exemplo, ganha outro significado quando levado para a vida da estudante Nayane Souza de Oliveira, de 23 anos. “Para mim, significa salvar vidas”, diz a jovem, que é uma das milhares de pessoas no Brasil que aguarda por um transplante de órgãos. 

 

Nayane nasceu com Glomerulonefrite, uma inflamação na região dos rins que só se desenvolveu durante a adolescência.

 

“Comecei o tratamento com o uso de corticóide, mas não tive boas reações. Há três anos faço hemodiálise e há dois estou na fila por um transplante de rim”, relata. Para chamar atenção da causa e conscientizar a sociedade sobre a importância da doação, em 2015 foi criado o Setembro Verde, uma iniciativa da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos que visa iluminar os principais monumentos e pontos turísticos das cidades brasileiras com luz verde, cor da esperança.

 

“Esperança em um mundo onde as pessoas tenham consciência da grandeza desse ato. É claro que eu não desejo a morte de ninguém, longe de mim. Mas se a pessoa partiu e pode deixar um legado nesse mundo, que seja através da doação. É um ato de amor sem precedentes”, afirma Nayana Souza.

 

altAbertura

 

Sergipe é totalmente adepto a causa. Ontem, 13, as ações da campanha tiveram início na Igreja do Santo Antônio. Durante todo o mês de setembro, as fachadas de outras instituições que aderiram à iniciativa, a exemplo do Palácio Serigy (sede da Secretaria de Estado da Saúde), Assembleia Legislativa de Sergipe, reitoria da Universidade Tiradentes, entre outros pontos estratégicos, também estarão na cor verde.

 

“O transplante é uma modalidade terapêutica que depende primordialmente do doador. Infelizmente, o número de doações ainda não atende a demanda, por isso a importância da participação de todos os segmentos da sociedade, que precisam estar sensibilizados para a importância do gesto”, analisa o diretor da Central de Transplantes, Benito Fernandez, lembrando que durante todo o mês haverá uma programação com palestras e outras ações de conscientização.

 

 De janeiro de 2016 até agora, foram quatro órgãos captados e enviados para outros Estados, sendo dois rins, um fígado e um coração. No ano passado os números foram mais expressivos: foram 137 transplantes de córnea em Sergipe, com 22 órgãos captados e enviados (12 rins, quatro fígados, dois corações e quatro valvas) para outros Estados. Em 2014 foram 132 transplantes de córnea, além de 25 órgãos captados e enviados (14 rins, sete fígados, três corações e um pâncreas).

 

Avise aos familiares

 

Como não há nenhum documento que formalize a intenção das pessoas em doar órgãos e tecidos, é preciso que esse desejo seja informado aos familiares. “Ainda há um medo muito grande sobre a doação, por isso é preciso deixar claro a sua vontade e incentivar que os parentes autorizem o procedimento. Os profissionais de saúde, que mantém contato com famílias e são peças essenciais nesse processo, também precisam estar engajados”, enfatiza.

 

Na casa e nos grupos de amigos de Nayana, esse assunto é uma constante. “Não posso ser doadora devido ao problema de saúde que tenho, mas faço questão de falar sobre o assunto e incentivar quem eu conheço”, complementa. A jovem também pretende ajudar de outra maneira. Apesar de já ser formada em Ciências Sociais, ela agora estuda Enfermagem. “Quero cuidar dos meus pacientes e dar a eles carinho e atenção, pois sei a rotina dura que a pessoa enfrenta quando está com alguma doença”.

hogan outlet ray ban outlet italia ray ban outlet italia ray ban outlet italia ray ban outlet italia ray ban outlet italia ray ban outlet italia ray ban outlet italia ray ban outlet italia Sac Michael Kors Pas Cher hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet hogan outlet ray ban outlet Gafas Ray Ban Gafas Ray Ban outlet Ray Ban Outlet Ray Ban Outlet Gafas Ray Ban Baratas Online Comprar Ray Ban Baratas EspañA Comprar Gafas Ray Ban España Outlet Gafas Ray Ban outlet Ray Ban outlet España Ray Ban outlet España Ray Ban baratas Zapatillas Nike Air Max 2018 Baratas Air Max Thea Baratas Outlet Air Max Baratas Zapatillas Nike Baratas Zapatillas Nike Air Max Comprar Online España ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban sunglasses sale cheap ray ban aviator sunglasses ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban outlet ray ban sunglasses for women ray ban outlet fake oakley sunglasses ray ban sunglasses Cheap Ray Bans Cheap Ray Bans Cheap Ray Bans Cheap Ray Bans Cheap Ray Bans ray ban outlet ray ban outlet Ray Ban Outlet Ray Ban Outlet Ray Ban Outlet ray ban outlet Ray Ban Outlet